GreenV na Estrada: Curitiba – São Paulo

Fotografia colorida mostra um veículo preto trafegando na estrada. O texto no centro da imagem diz: GreenV na estrada.

Compartilhe esse texto

Viajar é um assunto que traz animação e euforia, afinal quem nunca planejou a viagem dos sonhos? Para percorrer grandes distâncias geralmente utilizamos aviões, motocicletas ou veículos a combustão, mas já imaginou viajar de carro elétrico? Com o intuito de desmistificar o uso prolongado dessa categoria de automóveis, lançamos a nova série: GreenV na estrada.

Em Maio de 2022, o engenheiro eletricista Zeno Nadal provou ser tranquilamente possível viajar 7 horas ou 420 km de Curitiba até São Paulo com seu Nissan Leaf, que possui 260 km de autonomia e uma bateria de 40 kWh.

Fotografia colorida mostra o Nissan Leaf branco conectado ao carregador para veículos elétricos.

Ao sair com um veículo elétrico (também conhecido como VE ou EV), uma das maiores preocupações entre os proprietários é como localizar os pontos de recarga. Em longas distâncias o medo da bateria descarregar é ainda maior e a solução está em aplicativos que disponibilizam rotas até a estação mais próxima, como o GVgo que é oferecido pela GreenV. 

“Para localizar eletropostos durante o trajeto utilizei os aplicativos PlugShare e da EDP (Energias de Portugal), inclusive todos estavam em perfeito funcionamento e com comunicação ativa. Sai da Copel na cidade de Curitiba e no sentido da capital paulista efetuei apenas uma recarga, com duração de 58 minutos no Graal Petropen, onde usei um carregador rápido com 44 kW de potência. Cheguei em São Paulo com 5% de bateria e carreguei novamente apenas na sede da GreenV”, compartilha Nadal em entrevista exclusiva a GreenV. Trafegar pela região serrana foi o maior desafio, momento de cautela para não desperdiçar bateria.

carregador de carro elétrico greenv

Nesse tipo de viagem alguns fatores devem ser considerados, como o clima. “Em alguns modelos elétricos, quanto mais quente mais difícil é alcançar a autonomia indicada, pois não possuem um sistema ativo de refrigeração das baterias, ocasionando um alerta de superaquecimento e corte de potência. Optei por viajar a noite justamente pelo clima ameno”, explica.

Fotografia colorida mostra no painel do carro elétrico informações sobre o tempo de recarga.

Para Nadal é imprescindível levar na bagagem um carregador portátil, proporcionando segurança em caso de carregamentos de emergência. Além disso, é preciso preparar o bolso e se planejar com antecedência. “É necessário ter em mente que o veículo elétrico gasta mais em viagens, sendo importante controlar a velocidade e evitar sair em cima da hora ou com pressa”. 

Qual o próximo trajeto que você gostaria de conferir aqui em nosso blog? Fique ligado para os próximos episódios do GreenV na estrada!

Assine nossa Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail

Leia também

Fotografia colorida mostra uma estrada e no centro da imagem temos os dizeres “GreenV na Estrada”.
Dicas

GreenV na Estrada: Petrópolis – Gramado

Não é segredo que viajar está no topo da lista de desejos dos brasileiros. De acordo com o levantamento realizado pela Global International Travel Survey,

Imagens ilustrativa colorida mostra um balde de pipoca ao lado de um rolo de filme, com o logo da GreenV no meio.
Mobilidade Elétrica

Documentário GreenV: The future is ours

Quando se trata de veículos elétricos, nossa mente imediatamente se transporta para um futuro altamente tecnológico. Por mais inovador que esta categoria de automóveis seja,

Precisa de uma solução em Mobilidade Elétrica?

Entre em contato conosco!